Falta de tratamento de esgoto pela Sabesp na mira da Justiça


A Sabesp – Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo presta serviços de abastecimento de água e de coleta e destino final de esgotos sanitários na cidade de Itapevi há mais de 30 anos. Neste tempo, o esgoto coletado foi despejado sem tratamento nos cursos d’água da região, causando enorme prejuízo ambiental.

O Ministério Público ajuizou açao civil pública contra a Sabesp visando reverter a situação. O Juízo da 2ª Vara Cível de Itapevi, a pedido da Promotora do Meio Ambiente, determinou liminarmente que a Sabesp execute as obras necessárias para que, até 2015, haja o tratamento de pelo menos 85% do esgoto coletado e, até 2018, este número chegue a 100%.

Agora a Sabesp será intimada a cumprir a decisão e terá prazo para apresentar defesa no processo, que cobra, além das obras, o pagamento de indenização pelos danos causados, atualmente avaliados em 43 milhões de reais pelos técnicos do MP.

Anúncios
Esse post foi publicado em Ações do MP e marcado , . Guardar link permanente.